Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Oh mãe

Para encerrar o ano em grande, pensei em escrever umas palavras à minha mãe. Há quem faça reclamações junto do Pai Natal, do Primeiro Ministro, no Centro de Saúde, pois eu decidi reclamar com a minha mãe uma série de coisas que me estão aqui entaladas.

Gostava eu de saber qual o motivo que a levou a nunca me contar que a despensa lá de casa não se enchia por artes mágicas; que a roupa suja não deslizava para dentro da máquina de lavar; que a secadora não passava logo a roupa a ferro; que os homens não vão na cantiga de comer qualquer coisinha rápida só porque não apetece fazer jantar (esquisitinhos); que o pó tem vontade própria (tal e qual um conto do Stephen King)...

Não há direito!

Uma pessoa junta os trapinhos a pensar que o amor e a cabana fazem milagres e depois... voilá... há uma série de parêntises. Acabam os dias de ócio, do dolce fare niente, próprio de quem vive em casa dos pais e tem a sorte de ter uma mãezona que trata de tudo. Não é que não fizesse nada e fosse um corpo de palha (como diz o meu pai), mas os pormenores acima detalhados conseguiam passar completamente ao lado (os maganos).

Sei lá... é duro  sair tarde do trabalho, estar naquela (complexa) altura do mês, ansiosa por chegar a casa e estender o corpinho no belo do sofá e, afinal, ainda ter que passar pelo supermercado, lavandaria and so on e acabar a carregar tudo sozinha feita mula. Eu sei, eu sei --- e ainda não vieram os filhos! 

 

 

Oh mãe, podias ter sido só um bocadinho mais dura, mas um Ambrósio como presente de Natal também ajudava. 

 

 

Sinto-me: Welcome to the real world.
acompanhamento musical: Crazy -Gnarls Barkley
redigido por Marafadinha às 08:57
link do post | opinar | favorito
|
23 marafadices:
De As palavras da minha vida a 30 de Dezembro de 2009 às 09:32
O que eu te compreendo... Eu também tenho uma super-mãe e quando juntei os trapinhos há 4 meses tinha uma ideia do que iria ser mas preparada mesmo não estava. Felizmente o P* é excelente. Ajuda-me imenso e quando não ajuda pelo menos não atrapalha.

Bjinhus
De Marafadinha a 30 de Dezembro de 2009 às 09:49
É verdade. Fomos umas sortudas é o que é. Também não tenho razão de queixa do Ken mas ele está frequentemente fora e eu fico home alone com tudos às costas. E ainda questionam o porquê de eu ser marafada?!
:)
***
De geek in the pink a 30 de Dezembro de 2009 às 16:52
Eu percebi que certas coisas não se faziam sozinhas, quando tive de ir para longe da minha mamã... cuidar de uma casa é uma trabalheira horrorosa!! beijinhos ;)
De Marafadinha a 31 de Dezembro de 2009 às 08:10
Ora ai está o meu problema. Nunca precisei sair de casa, nem enquanto estive na Faculadade.
Bem dizia a minha irmã mais vlha que eu tinha falta de me fazer à vida...
ai. ai
Feliz 2010!!
De Tsuripa Buranka a 30 de Dezembro de 2009 às 17:23
Como eu te entendo! Casei este ano e estou a passar por tudo isso. Tenho alturas que nem sei como ainda há roupa para vestir, se é que me faço entender... mas a chegar sempre tarde do trabalho é duro ter de conseguir conciliar tudo. Mas nada que não se resolva certo? Somos mulheres, portanto... :D
Beijinhos
De Marafadinha a 31 de Dezembro de 2009 às 08:11

oh ye! Somos mulheres e temos poderes ocultos. Grande verdade. mas no entretanto quase ficamos doidas. Não há-de ser nada.
Força para 2010!
De Sorriso a 30 de Dezembro de 2009 às 18:32
Que 2010 te traga tudo o que desejas e muita, muita felicidade.

Beijinhos e boas entradas! :)
De Marafadinha a 31 de Dezembro de 2009 às 08:15
um sorrisinho para ti:
I got a feeling... que vem aí um ano em grande.
Tudo de bom para ti também.
**
De Cris a 30 de Dezembro de 2009 às 18:47
Eu não te quero desanimar mas depois dos filhos a coisa piora!!! E quanto!! Eu tenho três homens em casa - há dias que pareço uma barata tonta!!
Quando descobrires um ambrósio diz qualquer coisa que eu também preciso de um!!

Beijinhos
Que tenhas um feliz 2010!!
De Marafadinha a 31 de Dezembro de 2009 às 08:29
Tenho uma ideia do quanto piora! Vejo pela mana, pelas amigas que já têm filhos... Talvez aí eu deixe de me queixar por tudo e por nada. LOL!
Um feliz Natal e um Ambrósio para nós.
**
De Little Sis a 4 de Janeiro de 2010 às 20:37
Coitadinha da mãezinha!!! Não batas no ceguinho!

=D
De Marafadinha a 5 de Janeiro de 2010 às 10:51
Lá chegarás, oh corpo de palha.
:P
De Little Sis a 5 de Janeiro de 2010 às 23:23
-.-'




...
De Marafadinha a 6 de Janeiro de 2010 às 08:24
De costela de adão a 6 de Janeiro de 2010 às 22:30
Vocês estão tão mimosas!!!
As mães parecem mágicas, fazem tudo aparecer feito e sem (aparente) esforço. Pois, elas não nos ensinaram o truque ou então, depois de 1970 a fórmula acabou...
De Marafadinha a 7 de Janeiro de 2010 às 08:46
Pois somos, mas nada parecidas com vaquinhas. Atenção!
Eu acho que foi a fórmula que se perdeu. É a vida das donas de casa.
;)
De mimi a 6 de Janeiro de 2010 às 11:34
LOLLL e ainda não apareceram os putos...é isso mesmo!
O tempo é o teu melhor aliado, vais ver que ficas mestra na arte de dominar roupa , tacho , rabo sujo e maquilhagem por pôr...acredita! O tempo leva-nos à sublime perfeição! À insanidade também, mas vá...é o preço!
Lolll

Bj.
De Marafadinha a 8 de Janeiro de 2010 às 10:22
Se eu já ando meio maluca, imagina daqui a uns tempos...
Grrrr
É o que dá ser mulher,
*
De S a 7 de Janeiro de 2010 às 22:52
lol, agora assustaste-me, já não quero sair decasa tão cedo...
De Marafadinha a 8 de Janeiro de 2010 às 10:22
Não te quero assustar mas... aproveita bem agora e vai treinando de vez em quando.
:P
De S a 8 de Janeiro de 2010 às 10:55
Ohh tão tão lixada... Já avisei o Pedro que se ele não me ajudar em nada pode ter a certeza que não faço também nada, está farto de prometer que ajuda, mas não sei porque desconfio, lol...
De Anónimo Marafado a 10 de Janeiro de 2010 às 16:17
às vezes também me sinto assim, injustamente revoltada com a mãe - que nao me alertou, com a sogra - que podia ter preparado melhor, com o comércio - que podia estar mais à mão, com as adversidades de uma vida de dona de casa.... tais como o pó, o cutão, a loiça suja, a humidade....---- enfim, compreendo, partilho sentimentos, souplenamente solidária!
Bjs
De Marafadinha a 11 de Janeiro de 2010 às 07:57
Ahhh que bom que é perceber que não somos únicas nas reclamações. É que às vezes sinto-me rodeada de donas de casa perfeitas. Há que reclamar de vez em quando. Faz bem à alma.
;)

Opiniar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Marafadices recentes

. the comeback 2

. Companheirismo feminino

. Mais uma ausência, mais u...

. O verdadeiro efeito "Axe"

. "conversa da treta"

. Mariquices

. Eu juro que só queria fal...

. Mais do mesmo

. Ai as neuras dela

. Ora bolas, Sr. Canário

.Caixinha das MaRaFaDiCeS

. Janeiro 2013

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.tags

. todas as tags

.Visitas Marafadas

Real Estate
Contador gratuito

.Marafados Online

blogs SAPO

.subscrever feeds